MIGO e MIRO: descomplicando os lançamentos no SAP
03/10/2019

MIGO e MIRO: descomplicando os lançamentos no SAP

O lançamento de MIGO e MIRO no SAP pode parecer algo de rotina, mas só quem lida com o processo sabe como ele é importante e arriscado.

Afinal, um erro pequeno pode comprometer o controle fiscal e contábil da empresa, impactando até mesmo a linha de produção.

Então, se você lida com o inbound de documentos fiscais no seu dia a dia e acha MIGO e MIRO um grande desafio, continue lendo pra ver como descomplicar o processo!

Recapitulando: o que é MIGO?

MIGO é a sigla de Movement In Goods Out. É o código usado no sistema SAP para informar que uma remessa de fato chegou (ou saiu) do estoque da empresa.

Lançar a MIGO é essencial, porque ela funciona como uma confirmação desse tipo de movimento e é o que embasa o pagamento dos fornecedores.

Além disso, gerar a MIGO é, na prática, atualizar do estoque, formalizando o fluxo de entrada e saída de mercadorias.

Veja também: 7 passos para fazer uma gestão de compras eficiente

O lançamento é um processo de várias etapas. Entre os itens que você precisa verificar antes de fazê-lo, estão:

  • ✓ O veículo que trouxe ou levou a carga e sua placa
  • ✓ A identidade do motorista
  • ✓ Se as informações entre o XML e o pedido de compras batem

E só aí lançar (manualmente) no SAP.

E a MIRO?

Já a MIRO é como o lançamento Movement In Receipts Out é abreviado dentro do SAP.

Esse código confirma a fatura recebida, essencialmente dizendo que as informações estão certas e que o fornecedor pode ser pago, além de gerar a base para o recolhimento dos impostos.

Dessa forma, é uma etapa que vem depois da MIGO, já que acontece só depois da chegada dos itens e da verificação das informações.

Ou seja, se a MIGO é a confirmação física, a MIRO é o “OK” financeiro e fiscal.

Esse código pode parecer mais simples, mas é extremamente importante para que a empresa tenha total visibilidade dos processos financeiros, fiscais e até de produção!

Veja também: Tudo sobre MDF-e: o que é, como emitir, encerrar e cancelar

Os problemas atuais no lançamento de MIGO e MIRO

O grande problema é que alimentar o SAP é um processo manual e o sistema exige uma grande quantidade de informações.

Por isso, muitas vezes somos obrigados a separar os DANFEs recebidos e depois fazer um mutirão para digitar todas as informações e gerar a MIRO.

Só que como em toda atividade humana, não temos garantia da velocidade e da segurança da operação.

E a questão não é só atrasar o pagamento de fornecedores. A demora pode gerar desencontro de disponibilidade de materiais no estoque, impactando a produção e por consequência o fluxo de caixa!

Então, o que podemos fazer pra resolver o problema?

Como encurtar o caminho

O caminho é usar uma tecnologia que se integre à sua versão atual do SAP e automatize todo o processo pra você.

Essa é uma ótima alternativa porque esse tipo de tarefa manual gera problemas a curto e a longo prazo.

A curto prazo, gera colaboradores sobrecarregados e retrabalho.

A longo prazo, perdemos de vista o panorama fiscal e o ritmo de entrada e saída de mercadorias.

E não preciso nem dizer que essas são informações imprescindíveis para a estabilidade e o crescimento da empresa!

Aqui na Midas, desenvolvemos o ANI SAP, uma solução fácil de usar, feita especialmente para dar conta dessas demandas e muitas outras do processo de inbound fiscal. Clique aqui para saber tudo sobre ele!

Lance códigos MIGO e MIRO no SAP de forma automática

 

 

 

 

 

Quais os ganhos em usar a tecnologia pra isso?

A tecnologia é um acelerador que simplifica o processo de recebimento e de escrituração.

No ANI SAP, por exemplo, você tem:

  • MIGO e MIRO feitas de forma automática
  • Cálculo e ajuste automáticos de impostos
  • Validação automática do pedido de compra
  • Identificação automática de fornecedores
  • Associação automática de nota e pedido de compra

Quantas horas você e a sua equipe já não perderam com essas tarefas?

Tempo que você poderia ter feito outras coisas ou até ido embora mais cedo?

Além daqueles benefícios, a automação garante que o estoque fique sempre atualizado, o que facilita até o planejamento da produção!

Espero que o texto te tenha ajudado a entender melhor a importância do lançamento desses códigos no SAP. Obrigado, e se você curtiu, compartilhe o conteúdo com a sua equipe!

 

Este site utiliza cookies que salvam seu histórico de uso. Para saber mais, leia a nossa política de privacidade .